Pular para o conteúdo principal

Sobre Mim

Cássia Navas "abre aspas" 
O olhar sobre a dança me fez abrir aspas e escrever sobre o dançar. 
Durante esse percurso como professora-pesquisadora, ensaista e curadora / gestora em dança, Cássia coleciona histórias. Entre elas, a de, por longos anos,  desbravar o país e o mundo lecionando História da Dança e descobrindo muitas outras histórias, munida de uma mala repleta de VHS e livros de dança, sempre em busca do encontro e da troca com sonhadores dos palcos.
Hoje essa mala compactou, as viagens continuam, mas o conteúdo se transformou em uma nuvem virtual, onde Cássia carrega seu acervo, seus escritos que aos poucos são publicados em periódicos e livros, neste site e em suas redes sociais. E bem como costuma dizer:  - Temos muito a fazer.
Cássia é professora-pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena - Instituto de Artes da UNICAMP e professora convidada do Master Danse - Université de Paris 8. É  graduada em direito  pela USP, doutora em dança- semiótica pela PUC -SP, pós-doutora em artes pela ECA -USP, especialista em gestão e políticas culturais pela UNESCO - Université de Dijon Ministère de la Culture France. 
É conferencista e vem ministrando palestras e seminários em várias instituições, como no Impulstanz (Viena, 2013), SP Escola de Teatro (São Paulo, 2014-15), Centro Cultural São Paulo (2015-17), Projeto Brasil, Mousonturm (Frankfurt, 2016), Centro de Formação e Pesquisa, SESC São Paulo (2016) e FreiburgTheater (2018).
Tendo sido pesquisadora do IDART/Secretaria Municipal de Cultura (SP), coordenadora da REDE Stagium e da Oficina Cultural Oswald de Andrade (São Paulo) é curadora/consultora de importantes programas/projetos em dança, como os últimos: Programa de Qualificação em Dança (São Paulo, 2015-18), Dança + Cidade (São Paulo/2015), Dancing: Inside Out (Frankfurt/2016), Plataforma Formação Estado da Dança (Piracicaba/2016), Seminários Ida-e-Volta, Dança: Brasil-França (France Danse Brésil 2016-17) e CCSP- Centro Cultural São Paulo: Dança em Diálogo (2015-17).
Autora de publicações como: "Imagens da Dança em São Paulo", "Dança Moderna, Dança e Mundialização: políticas da cultura no eixo Brasil-França", "Vem Dançar, de Teatro do Movimento, um método para o intérprete-criador e da Composição" (os dois últimos juntamente com Lenora Lobo), "Dança, História, Ensino e Pesquisa / Danse, Histoire, Formation, Recherche" (juntamente com Isabelle Launay e Henrique Rochelle), autora de "Balé da Cidade de São Paulo - 50 anos - 1968-2018" e está na publicação de dezembro de 2020, "Dança sob o Signo do Múltiplo", com o texto "Dança e recepção: Questões & Três Partituras" (organizado por Lucia Santaella e Everson Motta). 
.
Atualmente desenvolve o programa Menu de História da Dança, destinado a promover palestras, cursos e seminários de história da dança à la carte e neste momento, de maneira online à diversas instituições artísticas do país. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dança brasileira, no final do século XX

Dança no Brasil, entre-culturas

Dança: escritura, análise e dramaturgia

Tudo é mistura?

"Modos de fazer" na dança do Brasil: quatro traçados

Memórias-corpo, corpo-território e dança-mídia

Leis para as danças do Brasil, desafio para todos

"Histórias Aqui e Agora"

"Dançar: Clássico e Moderno"

Do íntimo, do particular e do público: subsídios para a gestão em dança